segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Você É Uma Péssima Mãe

Pense e Reflita.

Você é uma péssima mãe...
Por trabalhar e deixar seus filhos na creche
Por não trabalhar e não poder comprar brinquedos de melhor qualidade
Por limpar a casa e não ter tempo de brincar com seus filhos
Por não limpar a casa e deixar seus filhos brincando numa casa suja
Por cozinhar uma comidinha saudável, mas deixar o filho assistindo TV enquanto o faz
Por não cozinha e dar miojo pro filho
Por comprar coisas e mimar os filhos
Por não comprar coisas e privar o filho de brinquedos divertidos
Por deixar o filho explorar bastante enquanto corre riscos
Por não deixar o filho explorar e privá-lo de aprender
Por deixar o filho brincar com tecnologia e introduzi-los a um estilo de vida sedentário
Por não deixar o filho brincar com tecnologia e privá-lo de materiais educativos.

Sou só eu que sofro toda vez que vou cozinhar enquanto deixo o Luca assistir TV? Sou só eu que fico triste quando vejo a casa limpa, porque lembro que não dei tanta atenção pro Luca enquanto limpava? Sou só eu que toda vez que deixo o Luca correr e brincar por aí fico preocupada se tem alguém me olhando e pensando que eu não estou cuidando bem dele? Sinceramente, estou ficando cansada de tanta informação por aí, tanta gente me dizendo o que fazer, ou dizendo que eu não devia deixar meu filho fazer isso ou aquilo. Eu sei que TV não ensina, mas quem vai brincar com meu filho enquanto eu faço comida saudável pra ele, e ele não quer largar de mim? Eu sei que macarrão não é nada nutritivo, mas e se o Luca não quer comer o que eu fiz para o jantar, eu vou deixá-lo com fome? A verdade é que ser mãe é muito mais difícil que qualquer outro trabalho nesse mundo. E nós vamos errar, vamos deixar nossos filhos fazerem o que não devia ocasionalmente. Mas entre os erros e acertos, se eu tivesse a oportunidade de voltar no tempo e concertar todos os erros que já cometi com o Luca, iria mudar o resultado? Iria mudar um fiozinho de cabelo se quer? Porque se sim, eu faria TUDO igualzinho novamente.

Autora: MAMÃE NA AMÉRICA.

Tamires Pelisser Moreira

domingo, 4 de dezembro de 2016

12 coisas que você pode fazer hoje pelo bem do seu futuro

12 coisas que você pode fazer hoje pelo bem do seu futuro
Viver o presente é, definitivamente, a lição mais importante a aprender quando o assunto é felicidade. Porém, ao contrário do que pode parecer, estar no presente não significa ignorar o futuro e esquecer o passado. Em nossas lembranças estão todas as coisas que aprendemos, conquistamos e vivemos, e em nossos pensamentos sobre o futuro estão nossos sonhos, planos e objetivos. Tudo isso é importante para a felicidade e formam uma coisa só: você!
Por isso que, quando falamos em futuro, não estamos excluindo o presente. E o mesmo vale para o passado. O que você planta hoje, você começa a colher hoje mesmo. Quando conquista algo grande após muito tempo trabalhando por isso, não é porque você plantou isso num passado distante, e sim porque vem semeando desde então. O dia da conquista nada mais é do que mais um dia da sua batalha.
O título do post fala sobre coisas que você pode fazer hoje pelo bem do seu futuro, mas, na verdade, tudo o que você faz de bom hoje é também pelo bem de hoje! Toda essa lista é tão importante para a felicidade no presente quanto no futuro. O “bônus” de tudo isso é a certeza de colher bons frutos lá na frente, por isso são ações que valem muito a pena praticar.
1) Aprender, aprender e aprender!
Habilidades, cultura e conhecimento nunca são demais. Aprenda a gostar de aprender buscando coisas que te interessam e formas legais de aprendê-las, sem obrigações e pressa. Eu sou o tipo de pessoa que se interessa por vários assuntos e estou sempre descobrindo interesses novos. Nem sempre eles parecem proporcionar aprendizados úteis, mas na verdade tudo o que você aprende, experimenta, lê sobre e procura saber acrescenta algo no seu repertório. Por exemplo:  se você ama cozinhar, aprender sobre culinária saudável é muito proveitoso. Se gosta de algum tipo de arte, tem muito a aprender sobre a sua história e pode aprender a praticar, adquirindo habilidades. Se se interessa por comportamento, vai adorar aprender sobre psicologia. Se acha interessante a cultura de um país, pode tentar aprender seu idioma. E por aí vai.
2) Adquirir independência
Sabe aquelas coisas que você sempre depende que alguém faça por você? Dirigir, cozinhar, interpretar mapas, consertar coisas… por que você mesmo não aprende a fazer isso? Provavelmente não aprendeu até agora justamente porque tinha alguém que fizesse no seu lugar. Pode parecer que isso não faz diferença, mas faz! E independência não se trata só de tarefas. É importante adquirir independência emocional, financeira, saber ser feliz quando está sozinho… Para conseguir isso, uma palavra é o que você precisa: atitude. Comece hoje a atuar em sua vida buscando autonomia e iniciativa e fuja da dependência.
3) Cuidar da sua saúde mental 
Corpo são e mente sã. Se tem algo que aprendi na vida e gostaria de compartilhar com todo mundo é a importância dessa união. Se a mente não está bem, pode ter certeza que de alguma forma isso afeta o seu organismo. Se você cuida bem da saúde da sua mente, viverá bem hoje e colherá o melhor daqui alguns anos. Evitar o stress, buscar ajuda para tratar a ansiedade e a depressão, respeitar a si mesmo, aprender a relaxar, manter o equilíbrio entre obrigações, lazer e descanso, alimentar pensamentos e atitudes positivas… tudo isso faz uma grande diferença tanto hoje como no futuro.
4) Cuidar da saúde do corpo
Somos indivíduos imediatistas, o que quer dizer que nos preocupamos pouco com consequências de um futuro distante e nos importamos apenas com aquilo que sabemos que pode ou irá acontecer num futuro próximo. “Por que me preocupar com a minha alimentação se só tenho 20 e tantos anos? Sou tão nova!”. Até ter uma grave problema de saúde. Mas quem nunca passou por algo parecido geralmente não se importa e acha que só precisa pensar nisso lá na frente. Grande engano, por dois motivos: 1) a forma como você se cuida hoje vai impactar fortemente a sua saúde no futuro e pode complicar muito a sua vida aos 40, 50, 60, 70 anos, e 2) nem sempre as consequências aparecem somente no futuro, elas podem surgir também aos 20 ou 30 anos. Seu corpo é sua casa, cuide bem dele! E você não precisa sofrer para isso. Descubra uma atividade física que você goste (ou escolha várias e vá variando) e inclua alimentos saudáveis na sua atual rotina. Não complique e encontre prazer em cuidar de você.
5) Observar suas atitudes e dar-se a chance de mudá-las
Se você é do tipo “personalidade forte” e “não dá o braço a torcer” talvez esteja desperdiçando diversas chances maravilhosas de se tornar uma pessoa melhor e até ser mais feliz. Que tal tentar ser um pouco mais flexível e se perguntar em que poderia melhorar? Ninguém é e ninguém nunca será perfeito, é justamente por isso que você deveria estar mais aberto a mudanças internas. Há sempre algo a melhorar! Você não precisa mudar seu jeito de ser, mas pense em quais pequenas atitudes podem fazer de você uma pessoa melhor, melhorar o seu dia a dia e a sua relação com o mundo e as pessoas ao redor. Em um futuro próximo você já perceberá grandes mudanças. E quanto mais disposto a melhorar você estiver, melhor seu futuro será.
6) Construir boas lembranças
Construir lembranças é bom para o passado, o presente e o futuro.  Nada mais gratificante do que olhar para trás com a certeza e o sentimento de paz por ter certeza de estar fazendo sua vida valer a pena. E não há melhor forma de ser feliz do que viver integralmente, de corpo e alma, cada momento. Lembranças não precisam ser grandiosas. Tenho alguns momentos muito especiais guardados na memória que na verdade não têm nada de extraordinário e não aconteceram em lugares incríveis, mas são lembranças que têm um lugar especial dentro de mim pelo simples fato de me fazerem feliz cada vez que penso nelas. É mais disso que quero ter na minha memória para lembrar hoje, amanhã e sempre.
7) Não desistir
A única diferença entre quem conseguiu o que queria e quem não conseguiu é que o primeiro não desistiu. Não é que a vida tem que se resumir a uma dura e cansativa batalha por objetivos atrás de objetivos, mas se você tem um sonho ou uma vontade, ninguém pode te dizer que você não pode conseguir. A única pessoa que pode interromper seus planos é você mesmo, caso opte por desistir. Grandes sonhos pedem tempo, paciência e dedicação. O que não faltam são exemplos de pessoas que perseveraram nas mais improváveis condições para provar que tudo é sim possível. Para elas, desistir não foi uma opção e pode ter certeza que elas não se arrependem disso. Se em algum momento você cansar, descanse. Mas faça um favor pelo seu futuro: não desista de ser feliz da forma que você quer.
8) Guardar dinheiro
Pode até ser que você não tenha nenhum objetivo que precise de bastante dinheiro imediatamente, mas em algum momento pode ter certeza que terá e vai agradecer muito por ter começado a economizar o quanto antes. Dinheiro não é nem deve ser visto como vilão ou problema. Ter um relacionamento saudável e são com o dinheiro é a melhor forma de não ter problemas financeiros e evitar preocupações. Guardar uma quantia do que você ganha – mesmo que seja pequena – é uma atitude inteligente pelo seu futuro.
9) Aprender a lidar com dinheiro
Comprar é muito legal e todo mundo gosta, inclusive eu. Quando comecei a trabalhar eu gastava todo o dinheiro que ganhava sem pensar muito no que estava comprando. Mas chega um determinado momento em que as prioridades mudam, os sonhos ficam maiores e a gente precisa começar a pensar antes de gastar, senão as coisas importantes acabam ficando pra trás e aquela velha desculpa “não consigo porque não tenho dinheiro” vira nosso lema de vida. Quanto antes você aprender a valorizar seu dinheiro e gastá-lo com consciência e inteligência, mais benefícios terá. Pense sempre dez, cem, mil ou quantas vezes precisar antes de gastar seu dinheiro com coisas. Descubra como fazer seu dinheiro ser investido em felicidade e crescimento pessoal. Seja forte diante dos impulsos. Quando começar a ver que está investindo em coisas que realmente são importantes, valem a pena e te fazem feliz, você nunca mais vai voltar a desperdiçá-lo.
10) Manter contato com amigos e família
O tempo vai passando, a gente vai crescendo, as tarefas aumentando e o tempo que temos para estar com as pessoas diminuindo. Se não prestarmos atenção, acabamos abandonando as pessoas e nos tornando cada vez mais solitários e distantes, e pessoas que um dia foram tão queridas e especiais acabam se tornando quase desconhecidas. Já falei aqui algumas vezes, mas repito: as pessoas são importantes. Relacionamentos são importantes para a nossa felicidade, mas é comum ignorarmos isso e só percebermos quando nos vemos totalmente sozinhos sentindo falta da presença de alguém que possamos confiar e que nos faça bem. Faça um esforço para não se afastar destas pessoas, pelo bem tanto do seu presente como do seu futuro.
11) Perdoar
Não falo apenas do perdão fácil, aquele de desculpar o vizinho pela briga por causa do barulho ou esquecer o que aquele parente falou no Natal que te fez passar vergonha. Falo principalmente do perdão mais difícil, aquele que te abala só de lembrar, que desperta sentimentos negativos em você, que faz você sentir mágoa e vontade de se vingar, aquele que você acha que nunca poderá perdoar. Mas sim, você pode. Faça isso por você, por mais difícil que seja, porque você não quer nem merece ficar carregando sentimentos ruins e mágoas a vida toda.
12) Não se conformar com aquilo que não te faz feliz
Um dos arrependimentos mais comuns das pessoas nos seus últimos anos de vida é não ter batalhado por aquilo que realmente queriam, por medo de perderem a segurança, o conforto e a estabilidade. Muita gente vive em um estado de conformidade em relação a tudo por medo, hábito ou para seguir o que a sociedade diz que é o certo. Então ficam presos em relacionamentos ruins, empregos sem propósito, rotinas entediantes… e reclamam de tudo isso a vida toda, mas nada fazem para mudar. Se este é o seu caso e você não está feliz com a vida que tem levado, comece agora a realizar a mudança. Se não te faz feliz, MUDE! Não complique, não espere, não lamente, não deixe como está, não empurre com a barriga, não ignore. Aja! Não desista de lutar pela vida que você deseja ter ou ser!
Tamires Pelisser Moreira.

16 Ações e Atitudes Para Combater a Ansiedade

Todo mundo já sentiu ansiedade alguma vez na vida e sofre de vez em quando com algum de seus sintomas. É comum que o sentimento surja com certa intensidade quando você espera por uma notícia que pode ser boa ou ruim, naqueles dias em que está na expectativa porque sabe que algo irá acontecer em determinada hora, quando está se preparando para algum evento importante ou esperando a sua vez de se apresentar na frente de outras pessoas. Sentir-se ansioso não é nada prazeroso, mas enquanto isso acontece em raras situações, não chega a ser prejudicial.
O problema começa quando a ansiedade se faz presente de forma intensa várias vezes em uma mesma semana, todos os dias ou até em diferentes formas em um único dia. Você percebe que está quase sempre pensando no futuro, sentindo medo, preocupação ou expectativa e passa horas com a cabeça totalmente desligada do que está acontecendo no presente. Não consegue mais realizar suas tarefas sem se sentir frustrado, neurótico e com raiva. Faz tudo com pressa, está sempre com a cabeça lotada de pensamentos sobre mil coisas diferentes e não consegue dar sequer alguns minutos de descanso à própria mente. Aos poucos, a pessoa ansiosa tem sua vida consumida e passa a sofrer consequências que acabam com a sua felicidade.
O que a ansiedade faz com você:
Torna seus dias muito mais difíceis do que deveriam serImpede que você sinta contentamento e satisfaçãoFaz você perder bons momentos que acontecem no presente porque está prestando atenção ao futuroTe deixa tenso, agoniado, estressado, triste e impaciente. Tira a sua capacidade de concentraçãoAfeta todas as áreas da sua vida: estudos, trabalho, relacionamentos, lazer, saúde… Amarra você à apreensão e ao medo.
A ansiedade é um sentimento que só existe porque nós o alimentamos. Se você é ansioso e já notou algum destes efeitos na sua vida, é hora de começar a se preocupar em agir, antes que o problema ganhe força e fique mais difícil combatê-lo. Existem ações que você pode praticar para evitar que a ansiedade surja e também algumas para serem usadas quando perceber que já está sendo dominado por ela. Algumas mudanças de atitude e visão também ajudam a manter esse mal bem longe:
1) Viva o presente, esteja presente, seja presente
A ansiedade é o sentimento das pessoas que vivem no futuro. Elas estão sempre preocupadas com alguma coisa, esperando algo acontecer ou se sentindo agoniadas por alguma preocupação. Esquecem que a vida está acontecendo agora e que, enquanto seus pensamentos estão no futuro, perdem as coisas boas que acontecem no presente. Para manter-se no presente, é preciso usar a mente para perceber que você está aqui, agora, fazendo o que está fazendo, e parar de pensar o tempo todo em suas expectativas e medos em relação ao futuro. Consciente disso, você é capaz de tornar interessante ou divertido o que quer que esteja fazendo e realizar suas atividades com muito mais vontade e amor.
2) Seja paciente com você mesmo
Não perca a paciência nem irrite-se quando não conseguir controlar a ansiedade por mais que se esforce. Às vezes, o melhor a fazer é permitir-se sentir o que está sentindo, chorar se for preciso e esperar passar. Entrar em uma guerra contra si mesmo só faz aumentar os sentimentos ruins dentro de você.
3) Lembre de respirar
Quando a ansiedade surge com força e faz você se sentir pressionado, nervoso ou desesperado, a primeira reação que você provavelmente tem sem perceber é a de prender a respiração. Da próxima vez em que se sentir assim, repare se você faz isso. Se perceber que sim, respire bem fundo e solte devagar várias vezes. A respiração relaxa e ajuda a regular os batimentos cardíacos ao mesmo tempo em que alivia a ansiedade e te traz de volta ao presente.
4) Medite
A meditação é um aprendizado que oferece crescimento interno e autocontrole. Se praticada com certa frequência, faz com que a paz, a serenidade e a quietude interna se tornem cada vez mais acessíveis e constantes. Você pode aprender a meditar fazendo aulas de meditação ou yoga, ou começando sozinho com exercícios simples de respiração. Com a prática, vai perceber que fica cada vez mais fácil livrar-se dos pensamentos de ansiedade e tensão assim que surgem, e que eles começarão a aparecer com muito menos frequência.
5) Repita afirmações positivas
Se você nunca tentou melhorar seu estado usando afirmações ou mantras, tente fazê-lo em um momento de ansiedade e veja como isso ajuda. Encontre uma frase que diga o que você mais precisa ouvir naquele momento e repita-a em pensamento para si mesmo. A simples repetição das frases “tudo vai ficar bem”, “está tudo bem” ou “tudo está como deve estar” é capaz de acalmar os nervos, fazê-lo colocar a cabeça no lugar e recuperar a clareza e a tranquilidade que haviam sido tomadas pela ansiedade.
6) Pense em gratidão
Sempre que perceber que a obsessão com o futuro está te fazendo mal, comece a pensar em coisas pelas quais é grato. Pense em quantas coisas valiosas você tem: sua saúde, sua família, sua capacidade de aprender, o privilégio de estar vivo, sua casa, seus amigos. Entregue-se de corpo e alma ao sentimento de gratidão e não haverá espaço para tormento causado por pensamentos desnecessários.
7) Cuide de si
Tire um momento todos os dias para cuidar de si mesmo ou fazer uma atividade que te deixe feliz. Coisas simples como tomar um banho relaxante, cuidar da aparência, fazer um curso interessante, ir ao seu lugar favorito, praticar alguma forma de arte ou apenas relaxar aumentam a satisfação com a rotina e ajudam a diminuir aquela ansiedade causada pelo tédio de viver apenas em função das obrigações. Não só para combater a ansiedade, mas pelo seu bem-estar e felicidade no geral, nunca abra mão de ter um momento para você todos os dias.
8) Desconecte e reconecte-se
Não só da internet, televisão e outras tecnologias, mas desconecte-se também de qualquer atividade que esteja fazendo ou tenha que fazer e das pessoas ao seu redor. Permita-se deixar tudo de lado por alguns minutos e não pensar em acontecimentos, pessoas e afazeres. Então conecte-se com você. Sinta o que quer que esteja sentindo, veja lá no fundo do seu interior, respire, sinta a conexão com você mesmo e perceba a sua presença, a energia e a vida que existem em você e que independem de fatores externos. Faça isso pelo menos uma vez por dia. Quase ninguém dá importância a essa desconexão com o externo e reconexão com o interno, mas ela é capaz de transformar a forma como se vive para (muito) melhor.
9) Recarregue as energias
Sentir a luz do sol na pele por alguns minutos, caminhar ao ar livre, fazer um alongamento e tirar uma soneca rápida são coisas que não tomam muito tempo e ajudam a relaxar, esfriar a cabeça e recarregar as energias. Eu gosto muito de fechar os olhos e sentir o calor do sol no rosto quando estou cansada e preciso de forças para continuar, mas você pode preferir outra forma de sentir-se renovado. Descubra o que te faz bem e faça disso um artifício para quando a ansiedade te deixar para baixo e você precisar continuar forte.
10) Tome chá de camomila
Além de a erva ter efeito calmante, tomar uma bebida quente é sempre um momento de prazer que ajuda a relaxar e sentir conforto. A sensação boa que o chá oferece para o corpo te faz querer aproveitar o prazer da apreciação e colocar-se no presente, conseguindo tirar o seu foco do que quer que esteja te incomodando.
11) Ore
Independentemente da sua religião ou em que acredita, quando estiver muito ansioso, você pode parar por alguns minutos e ter uma conversa franca mentalmente, dizer em pensamento o que está sentindo e pedir que a situação se encaminhe da forma que melhor for para você. Deposite fé e confiança nesta oração. Você pode até conversar com você mesmo, pedindo que seja forte e que tenha calma e sabedoria para lidar com o que está acontecendo. Se suas preocupações costumam vir com intensidade quando você se deita para dormir, é uma ótima hora para fazer uma oração, terminar o dia bem e acordar melhor no dia seguinte.
12) Escreva o que está sentindo
Colocar sentimentos no papel tem quase o mesmo efeito de desabafar com outra pessoa. A sensação é de que você está tirando um pouco do peso da ansiedade de dentro de você e colocando do lado de fora. Escreva exatamente o que está sentindo, seja honesto. Não se preocupe se as frases fazem sentido ou seguem uma ordem, nem tente analisar ou encontrar uma solução neste momento, apenas escreva.
13) Fique em silêncio
Barulho, agitação, movimentação de pessoas, celular tocando… por convivermos com sons ininterruptos muitas horas por dia, todos os dias, não percebemos mais o efeito que eles nos causam. Achamos que, por estarmos acostumados, o barulho não nos afeta, mas ele é sim um dos motivos do nosso estresse e ansiedade. Encontrar momentos de silêncio em meio à agitação pode ser muito benéfico. Tenha em casa um espaço onde consegue ficar em total silêncio e use-o sempre que puder. Você não precisa ficar nesse lugar sem fazer nada. Pode ler, escrever, desenhar, fazer yoga, se espreguiçar, olhar para o céu… mas o importante é que faça em total silêncio, para que possa sentir a diferença.
14) Pratique uma atividade que exija atenção
Sabe aquelas coisas que você faz enquanto seu pensamento está longe? Assistir televisão, ouvir música, arrumar a casa e ficar deitado na rede são bons exemplos. Elas são ótimas para relaxar, mas não quando você está ansioso. Para a ansiedade, o melhor a fazer é encontrar uma atividade que exija toda a sua atenção, que precise de foco total para ser feita e não permita outros pensamentos, como fazer yoga, escrever, jogar um jogo de estratégia e ler.
15) Procure um profissional
Se você já percebeu que a ansiedade não está apenas incomodando vez ou outra, mas também atrapalhando algumas áreas da sua vida e te impedindo de fazer algo, busque ajuda profissional. Todas estas dicas podem ajudar bastante, mas só um profissional tem preparo suficiente para entender e trabalhar o problema de forma profunda e certa.
16) Tenha contato com animais
Se você gosta da companhia de animais de estimação, saiba que, quando estiver se sentindo ansioso, ficar perto, brincar ou fazer carinho em um animal ajuda a relaxar e esvaziar a cabeça. Estes efeitos fazem você perceber que é sim capaz de se tranquilizar e sentir alegria.
Tamires Pelisser Moreira.

Transformando o sentimento negativo em força positiva

Ninguém gosta de sentir tristeza, raiva, ansiedade, medo, insegurança, insatisfação, arrependimento e outros sentimentos negativos, mas todo mundo sente de vez em quando. Tem horas que a melhor decisão é deixar que a emoção indesejada exista e flua naturalmente, ao invés de resistir a ela. Mas e se for possível usar um sentimento negativo para criar algo positivo? E se você conseguisse transformá-lo em motivação? E se pudesse tirar dali um aprendizado importante? E se ele te ajudasse a criar força de vontade? E se ele te inspirasse a ter uma ideia para mudar a sua vida?
É estranho dizer isso, mas a insatisfação pode ser um sentimento maravilhoso se for bem compreendida e direcionada. Quando você se sente insatisfeito com a sua vida, as únicas opções são mudar ou continuar insatisfeito. Quando a única forma de sair do sentimento negativo é mudar, você encontra um jeito de fazer isso.
Use o seu descontentamento para criar força. Esse sentimento te motiva a tentar agir de forma diferente e faz com que você descubra que pode fazer coisas que nunca teria tentado se não o tivesse sentido. Se você usar o descontentamento para te motivar a buscar o contentamento, vai acabar percebendo que quer, merece e pode fazer muito mais por si mesmo e pela sua vida.
insegurança também é um sentimento negativo que te oferece grandes possibilidades de alcançar algo positivo. Se for capaz de enxergar a insegurança como um chamado para que você pratique e desenvolva aquilo que te causa vergonha, medo ou tensão, o resultado será uma surpreendente mudança interna. Dê uma chance para suas inseguranças te mostrarem o que você deve fazer para superá-las.
tristeza também pode ser útil e ajudar a nos tornarmos mais fortes. Quando estamos tristes, geralmente queremos ficar sozinhos, quietos, recolhidos, pensando no que está nos causando sofrimento. Esse momento de quietude é uma oportunidade de pensar, refletir, se entender melhor e descobrir o que você precisa. Toda essa reflexão acaba acontecendo naturalmente, e por estar mais sensível, você consegue mergulhar mais fundo dentro de si. Depois de um período de tristeza – que sempre passa – vem o alívio quando começamos a nos sentir melhor. Voltando ao normal, quase sempre nos sentimos mais fortes, e o período de reflexão acaba valendo a pena pois serviu como uma poderosa ferramenta de autoconhecimento.
medo pode parecer um pouco mais complicado de ser transformado, principalmente se você costuma ser paralisado por ele. Mas uma coisa incrível acontece quando você consegue ultrapassá-lo pela primeira vez: descobre que é capaz de seguir em frente diante de qualquer coisa que te amedronte. A melhor forma de encarar o medo é como um convite para a sua coragem. Acorde-a, coloque-a de pé e vá em frente. Não pense muito, apenas vá. Não existe nenhuma sensação no mundo que se compare à emoção e à certeza da força que você possui após encarar um medo.
Dei apenas alguns exemplos, mas quero que você entenda que todo sentimento negativo pode ser transformado em alguma fonte de força positiva. A questão não é fazer o sentimento deixar de existir, mas usá-lo da melhor forma possível até que se transforme em algo benéfico para você.
Toda vez que consegue transformar um sentimento negativo em uma fonte de força positiva, você cresce e se torna uma pessoa melhor para si mesma. Da próxima vez em que se vir de frente a uma emoção indesejada, aceite-a e, ao mesmo tempo, tente enxergar uma forma (por mais simples que seja) de usar o sentimento negativo a seu favor. Seja transformando-o em força, em coragem, em autoconhecimento, em motivação ou em qualquer tipo de aprendizado. Encare como um desafio em que o objetivo é encontrar a mensagem positiva por trás do sentimento negativo.
Tamires Pelisser Moreira.

Como Perdoar Você Mesmo Pelos Erros Do Seu Passado

Atire a primeira pedra quem não carrega dentro de si pelo menos um arrependimento sobre um erro do passado.
Há arrependimentos que nós lembramos de vez em quando e ficamos atormentados por eles durante algum tempo, e há também aqueles que nós carregamos junto conosco o tempo todo por muitos e muitos anos (em alguns casos, por toda a vida).
Algumas pessoas vivem realmente perturbadas por causa de seus passados e têm suas vidas seriamente prejudicadas por isso. Se culpam o tempo inteiro, não conseguem confiar em mais ninguém, têm medos e crenças extremamente limitantes, perdem completamente a autoestima, sofrem muito ou carregam algum outro sentimento de impotência que bloqueia o fluir de suas vidas.
Se você não foi justo com alguém no passado, mas decidiu ser justo agora, isso é o que importa. Se você disse palavras duras a alguém um dia, mas hoje tem coisas boas para dizer, isso é o que importa. Se você está sendo uma pessoa melhor hoje, isso é o que importa. Perdoe-se e se disponha a ser alguém melhor hoje. Isso é tudo o que importa.
O passado não vai ser apagado, é verdade. Mas ele não é o seu presente. Ele foi uma ponte para que você chegasse ao lugar onde está hoje. Se você se mantém apegado ao arrependimento do passado, pode estar perdendo a chance de ser a pessoa incrível que os seus erros te prepararam para ser hoje!
A única função positiva que você pode dar para o passado é usá-lo como referência. Já o presente é um campo de infinitas possibilidades. Dê para cada tempo a função que lhe cabe.
Se ontem você não fez a coisa certa, perdoe-se e vá se preocupar com o que está fazendo HOJE. Se houver uma forma de consertar o erro, aproveite o momento presente para fazê-lo. Isso é crescer, é evoluir, é aprender. É para isso que estamos vivendo, não?
“Mas e se o meu erro prejudicou outra pessoa e eu também quiser o perdão dela?”
A partir do momento em que você conseguir se perdoar e obtiver a consciência de que o que importa é quem você é e o que faz hoje, será muito mais fácil encontrar confiança e força para conversar com a pessoa que você prejudicou e pedir o perdão dela. Preocupe-se primeiro em perdoar a si mesmo. O autoperdão vai tornar as coisas mais claras e você conseguirá encontrar as palavras certas e a melhor atitude para lidar com o outro com amor e sinceridade.
Tamires Pelisser Moreira.

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

7 perfumes mais sedutores do mundo

7 perfumes mais sedutores do mundo
Aromas são, sem dúvida nenhuma, um afrodisíaco poderosíssimo. Sabemos que os feromônios, que são nosso odor natural, são atrativos para o sexo oposto. Porém, fragrâncias produzidas artificialmente também funcionam para despertar o interesse e desejo um no outro.

Musc Ravageur, da Frederic Malle. Josephine conta que seu marido "não a deixa" sair de casa usando este perfume, pois teme que ela seja sequestrada por outro homem.


Shalimar, da Guerlain. Segundo a especialista, os homens "literalmente desmaiam" por esta fragrância.

Ambre Sultan, da Serge Luten. "Este perfume é como sexo em um frasco", defende Josephine.

Sexiest Scent on the Planet, da 4160 Tuesdays. Assim como outras fragrâncias desta lista, a baunilha é evidente neste perfume. "Pesquisas mostram que os homens realmente amam o aroma da baunilha, que é tido como um afrodisíaco natural, reduzindo os níveis de estresse e realçando a libido", diz a especialista.

Tenera, da Rouge Bunny Rouge. Josephine conta que, ao usar a fragrância, todas as suas amigas se aproximaram para dar uma farejada no aroma, que também contém boas doses de baunilha, assim como rum e pimenta-de-reino.

Obsession, da Calvin Klein. A especialista define o perfume como "seriamente carnal".


Les Exclusifs No.22, da Chanel. Por fim, Josephine inclui a Chanel na lista dos aromas mais sexy e sedutores do mundo. Porém, segundo ela, não é o tão famoso No. 5 que faz a cabeça dos homens. "Se você me perguntar, acho o No. 22 muito, muito mais sexy. Se o Chanel No. 5 é descolado e indiferente, elegante e feminino, esta fragrância é sua irmã mais velha, mais bem-vestida e sensual", descreve a especialista.

Deixe sua opinião nos comentários.

Tamires Pelisser Moreira.
.

Saiba quais são os perfumes que representam a Geração Y (entre 20 e 35 anos)

Saiba quais são os perfumes que representam a Geração Y (entre 20 e 35 anos)

Parece até coisa de filme de ficção científica, ou melhor, de propaganda de marca de perfumaria, mas pesquisadores descobriram qual perfume representa sua personalidade e jeito de encarar a vida. Você acredita que isso seja possível?
Fragrâncias de uma geração
A conclusão veio de uma pesquisa realizada pela Firmenich, maior casa de fragrâncias e aromas do mundo, em associação com o CEO da Archetype Discoveries Worldwide, Dr. Clotaire Rapaille. Eles analisaram o gosto em 16 cidades, cinco delas na América Latina, de 12 países para encontrar a fragrância mais marcante para a geração Y, mulheres que têm entre 20 e 35 anos.
De acordo com a pesquisa, mulheres dessa faixa etária vivem em dois mundos o virtual e o real. Ela ama compartilhar tudo – uma experiência vivida e não compartilhada é igual a uma experiência não vivida.
Para ela, os perfumes que mais a representam são: Ck One, da Calvin Klein (um perfume unissex com notas cítricas e florais associadas à cremosidade e ao conforto dos musks), Egeo Dolce, de O Boticário e Viva La Juicy, de Juicy Couture, que trazem notas envolventes e adocicadas, traduzindo todo o poder e a sensualidade feminina.

Deixe sua opinião nos comentários...

Tamires Pelisser Moreira.

6 áreas do corpo que você se esquece de pôr perfume, mas fariam o cheiro durar mais...

6 áreas do corpo que você se esquece de pôr perfume, mas fariam o cheiro durar mais...
De acordo com Coco Chanel, uma mulher deve se perfumar onde quer que seja beijada. O ideal é sempre aplicar o perfume diretamente sobre a pele, porque é em contato com ela que a fragrância se torna única e pessoal, já que não há duas pessoas com o mesmo perfume após o contato com a pele. No entanto, é importante considerar que um perfume dura aproximadamente entre cinco e nove horas, dependendo do tipo de solução.
Tradicionalmente, é recomendado passar perfume nos locais onde o pulso bate. As partes mais quentes do corpo onde passa mais sangue são as mais indicadas porque esses pontos mais quentes ajudam na difusão da fragrância.
Que você deve escolher alguns pontos estratégicos, como o pescoço, nuca e atrás da orelha, onde pode receber um "cheiro", você já sabe. Mas você sabia que região dos punhos é, realmente, o local onde a fragrância é melhor divulgada. E você conhece outros locais importantes para se perfumar?
6 locais esquecidos para usar perfume
Zonas em que há circulação e a temperatura do corpo é superior:
1. no umbigo;
2. em volta da cintura
3. atrás (face interior) dos cotovelos;
4. nas clavículas.
5. atrás dos joelhos
6. nos tornozelos ou panturrilhas
Os pontos de pulso dos membros inferiores, além de circulação, facilitam que o aroma suba e seja sentido ao longo do dia. Contudo, apesar da sugestão dos pontos e indicação para otimizar a duração do perfume, a orientação é aplicá-lo apenas onde se sentir confortável.

Deixe sua opinião nos comentários...

Tamires Pelisser Moreira.